Logótipo/Logotype: Açores/Azores Menu, Edição nº1/Edition no.01
Capa da 1.ª edição do Açores/AzoresMenu
Os Açores são para muitos de nós, portugueses, terra de mitos e, em grande medida, fiel depósito de hábitos e características ancestrais que, nestes tempos de globalização, ajudam a que nos distingamos ainda de outros povos. Detentor de uma história rica de acontecimentos relevantes para a afirmação do país, o arquipélago fez uma aposta relativamente recente no turismo e os resultados desta opção têm já uma grande visibilidade, especialmente para quem aqui tenha estado e volte alguns anos depois. Por todas as suas ilhas se respira um clima de desenvolvimento e confiança nos frutos dessa opção e os projectos de pequena ou grande envergadura neste domínio económico continuam a ser desenvolvidos um pouco por todo o lado. Foi, pois, com todo o empenho que nos lançámos nesta pequena aventura de edição do AçoresMenu, primeiro “Guia de Restaurantes, Cafés e Bares” dos Açores.

Se a gastronomia, como afirmava Brillat-Savarin, “é o conhecimento fundamentado de tudo aquilo que se refere ao homem, na medida em que ele se alimenta”, então o degustar da comida açoriana será certamente um bom indicador do que as gentes das ilhas do meio do Atlântico são e da sua sabedoria relativamente a um dos actos mais necessários à civilização, como é a alimentação. Este trabalho de escolha de restaurantes (que necessariamente terá imperfeições) - e todos os necessários passos posteriores até à saída dos primeiros exemplares das máquinas gráficas desta primeira edição do AçoresMenu - foi efectuado por uma equipa entusiasmada, ciente das suas limitações não só pelas dificuldades inerentes à concretização de um primeiro número de qualquer publicação, mas também pela dependência do acolhimento mais ou menos positivo que venha a ter junto daqueles a quem se dirige: por um lado os consumidores, por outro os próprios estabelecimentos que nele figuram. Por estes motivos, é com um misto de modéstia e confiança que propomos ao leitor a consulta do guia, disponíveis para acolher com a devida atenção sugestões ou críticas que nos possam ajudar a melhorar, em anos vindouros, futuras edições do AçoresMenu.

Entretanto, bom apetite!

For many of us Portuguese, the islands of the Azores are an embodiment of a “land of myths,” which for the most part is a faithful depository of certain habits or characteristics of by-gone days, yet ones which help us to identify ourselves in these times of mass globalization. Possessing a rich history of relevant historical events which can only serve but to affirm what it means to be Portuguese, the archipelago of the Azores has made a strong investment in tourism, and the positive results are already quite visible, especially for those people who visited the islands some years back and have returned more recently. A sense of development and faith in this focus on tourism is blowing through all the islands, and both small- and large-scale projects in this economic area continue to sprout up almost everywhere. It is therefore with a great deal of commitment that we have launched this little adventure, the publication of AçoresMenu, the first “Restaurant, Café & Bar Guide” in the Azores.

If what Brillat-Savarin says is true – that gastronomy “is the fundamental knowledge of everything that refers to man, with respect to what nourishes him” – then to taste the cuisine of the Azores will certainly be a good indication of what these people who live in the middle of the Atlantic are like and how they relate to one of the most essential acts of civilization, the art of feeding ourselves. The task of selecting restaurants (well-intentioned yet imperfect) and all the steps involved in the lay-out and graphics of AçoresMenu were undertaken by an extremely enthusiastic team aware of its limitations not only with respect to the inherent difficulties of mounting the first edition of any type of publication, but also to the dependence on an overall positive response from those who look to AçoresMenu: the tourists/visitors who will use the guide and the establishments that figure in it. It is thus with a mixture of modesty and confidence that we offer this guidebook to our readers, open to receive any suggestions or comments from you which might help us improve future editions of AçoresMenu.

In the meantime, bon appetit!
2008, AçoresMenu © Todos os direitos reservados | 2008, AzoresMenu © All rights reserved